Drenagem Linfática Método Renata França!

Ninguém tem dúvida de que a Drenagem Linfática do Método Renata França é uma técnica única. Com protocolo totalmente diferente das demais drenagens linfáticas, o método associa pressão firme, ritmo acelerado, bombeamentos e manobras exclusivas. Famosas como Bruna Marquezine, Ivete Sangalo, Lalá Rudge e Taís Araújo já se renderam aos resultatos impressionantes do método. Inclusive antes de ir para um evento, e precisam perder alguns centímetros para ficarem perfeitas no vestido.

A técnica reduz edemas, ativa a circulação sanguínea e potencializa uma rede complexa de vasos que movem os fluídos do corpo, reduzindo a tão temida celulite, modelando a silhueta e diminuindo o edema.

Já é possível reduzir medidas desde a primeira sessão e pode durar entre dois e três dias.  O ideal para manter os resultados, é fazer pelo menos uma vez por semana,  pois com o tempo vamos retendo líquidos, acumulando novamente toxinas, principalmente se nossa alimentação não for totalmente saudável.

Todos os resultados apresentados nas fotos abaixo, são do antes e depois da primeira sessão.

 

 

Tem alguma dúvida sobre a Drenagem Renata França? Deixe aqui nos comentários, vou adorar compartilhar os resultados com vocês!

Lucimara dos Santos- Massoterapeuta e Esteticista. Habilitada no Método Renata França de Drenagem Linfática.

DRENAGEM LINFÁTICA NA GESTAÇÃO

No decorrer da vida da mulher, ocorrem diversas alterações fisiológicas em todos os sistemas do corpo, entretanto as maiores acontecem especialmente durante a gestação, onde organismo feminino sofre extensas adaptações para acomodar o feto, elas são detectadas nos sistemas reprodutor, endócrino, renal, cardiovascular, respiratório, gastrointestinal, dermatológico e musculoesquelético. A drenagem linfática a partir do terceiro mês de gestação é extremamente indicada, a técnica é suave, com movimentos rítmicos, sem muita pressão e traz muitos benefícios, como:

 

  • Aumento do fluxo sanguíneo e linfático diminuindo o inchaço (edema) além de estimular a lactação e a dessensibilização das mamas, preparando – as para a amamentação;
  • Mantém a pele hidratada pela eliminação de toxinas e por ativar sistemas de hidratação celular;
  • Alívio na tensão muscular, diminuindo as dores e a sensação de cansaço nos membros inferiores;
  • Estimula a produção de linfócitos, aumentando a imunidade do organismo.

 

Além de todos os benefícios citados acima, a técnica ainda ajuda a relaxar e diminuir o stress. A massagem aliada à uma alimentação e estilo de vida saudável, com certeza trará uma gestação tranquila, mas ao contrario do que se pensa, a técnica não deve ser realizada somente durante a gestação, mas também no pós-parto, ajudando na eliminação de toxinas, edemas e trazendo a sensação de bem-estar.

Segundo BORGES, (2006 apud EMRICH, 2013), não é recomendada a utilização de nenhuma técnica de drenagem linfática manual na região abdominal da gestante, pois as manobras podem estimular contrações uterinas, podendo levar a um aborto espontâneo. É preciso atenção com relação ao número de vezes que está sendo aplicada a técnica, sendo recomendado de duas a três sessões semanais, para não sobrecarregar o sistema linfático da gestante. Vale ressaltar que assim como outras técnicas a DLM (Drenagem Linfática Manual) tem contra-indicações, em casos de tumores malignos, tuberculose, infecções agudas, reações alérgicas, edemas sistemáticos de origem cardíaca e renal ou contra-indicações relativas a hipertireoidismo, asma, bronquite, flebite e trombose venosa profunda, a técnica não deve ser aplicada.

Sendo assim, o objetivo constitui em demonstrar através da utilização e aplicabilidade da drenagem linfática manual em gestantes, observando as alterações funcionais, os cuidados, as contra-indicações e os benefícios da drenagem linfática manual em gestantes.

Lucimara Dos Santos- Esteticista e Massoterapeuta do Centro de Saúde e Estética Elegance.